Sala do Castigo
Há 5 meses que quatro jornalistas do 24horas estão longe da redacção.


quarta-feira, julho 23, 2003  

Acabou o Castigo. No final do mês de Junho os quatro trabalhadores enclausurados assinaram rescisão de contratos com a PT e com a Pródiário.
Finalmente.

posted by Sala | quarta-feira, julho 23, 2003


sábado, maio 17, 2003  

A Sala do Castigo mudou de instalações.
Nem de propósito, a mudança foi feita no mesmo dia em que na Assembleia da República chegava aos deputados uma carta do Sindicato dos Jornalistas a apelar “para que intercedam com urgência, a fim de que seja posto cobro à situação” dos quatro jornalistas do jornal "24 Horas", que são alvo, há cinco meses, "de uma intolerável ofensiva da Empresa Prodiário".

posted by Sala | sábado, maio 17, 2003


quinta-feira, abril 24, 2003  

A face visível da administração da Prodiário em todo este processo da Editoria Grande Reportagem tem sido Pedro Araújo e Sá.
Foi ele quem, à Comissão de Trabalhadores, justificou o afastamento dos jornalistas da redacção por não se enquadrarem "na filosofia do jornal".
Terminando de forma abrupta um romance que durou mais de quatro meses, foi agora requisitado para subir mais alto na carreira.
É o novo assessor do também recém empossado adjunto do ministro da Economia, Franquelim Alves, que também já fez parte da administração da Lusomundo, empresa detentora da Prodiário.
"A saída de Pedro Araújo e Sá ainda não foi preenchida", diz ainda o Diário Económico.

posted by Sala | quinta-feira, abril 24, 2003


terça-feira, abril 22, 2003  

O 24horas, quando se mete nas coisas, faz sempre o melhor possível.
Até quando é processado.
O último a avançar para os tribunais contra o antigo Director Alexandre Pais, o então Chefe de Redacção Pedro Tadeu - agora Director - e contra o jornalista João Benard Garcia é, nada mais nada menos, do que Mohamed Al Fayed, o milionário dono do Harrod's.
"Difamação" é uma palavra chave dos autos de acusação, e não deixa de ser curioso que "apesar de outros órgãos de comunicação terem divulgado na altura a notícia, apenas o «24 Horas» foi processado".
Lê-se ainda que "Pedro Tadeu, João Bénard Garcia e Alexandre Pais foram constituídos arguidos e incorrem agora numa pena de prisão que poderá ir até dois anos ou uma pena de multa não inferior a 120 dias".

posted by Sala | terça-feira, abril 22, 2003


terça-feira, abril 08, 2003  

Depois da breve passagem pelos direitos humanos que a Constituição da República contempla, reparamos com agrado que, de facto, não estamos sós na nossa luta.
No editorial de estreia no jornal Record, o antigo director do 24horas dá-nos a definição exacta do que é estar na Sala do Castigo: "não é em vão que se sofre tanto, meses a fio, ao lado de jornalistas tão brilhantes e generosos".
Diz ainda que o 24horas "Continuará sem mim, que troquei a magia desse triunfo sem par nos diários nacionais pelo orgulho de vestir esta prestigiada camisola"
O editorial chama-se "Vida nova".

posted by Sala | terça-feira, abril 08, 2003


segunda-feira, abril 07, 2003  

Com a publicação do último comunicado do Sindicato dos Jornalistas, têm chegado aqui ao "Correio do Castigo" várias opiniões que apontam para que estejamos na presença de um caso claro de "Assédio Moral" numa empresa.
Para os mais distraidos, fica aqui o Artigo 25.º (Direito à integridade pessoal) da Constituição da República Portuguesa que aborda o assunto.
Quem não estiver para ter o trabalho saiba que esse artigo diz que:
1. A integridade moral e física das pessoas é inviolável.
2. Ninguém pode ser submetido a tortura, nem a tratos ou penas cruéis, degradantes ou desumanos.

posted by Sala | segunda-feira, abril 07, 2003
 

Aos 111 dias de Castigo, algo mudou.
O aspecto desta sala virtual foi alterado.
Mas há mais boas notícias.
Diz a Lusa que "PT dá 50 ações da empresa a cada um dos cerca de 19 mil trabalhadores"

posted by Sala | segunda-feira, abril 07, 2003


quarta-feira, abril 02, 2003  

No Blog de António Granado, jornalista do Público e "inspirador" desta mesma página, também se voltou a falar da Editoria. O Ponto Media "é um weblog sobre media em português. Com ligações para artigos interessantes e para estórias de jornalismo e jornalistas. De segunda a sexta".

posted by Sala | quarta-feira, abril 02, 2003
 

No jornal Público, a notícia dos despedimentos no universo PT mereceu uma conversa com Alfredo Maia, Presidente do Sindicato dos Jornalistas.
O caso da Editoria Grande Reportagem representa, segundo disse, “uma forma de degradar o seu prestígio profissional e aprofundar um quadro psicológico tendente a forçá-los a aceitar a rescisão dos respectivos contratos de trabalho”.

posted by Sala | quarta-feira, abril 02, 2003
 

De vez em quando, há quem se lembre da Sala do Castigo.
Mais de 100 dias depois do isolamento ter começado, o Sindicato dos Jornalistas aproveitou o facto da PT ter fechado a redacção da “Notícias Magazine” no Porto para voltar a falar de nós.
No comunicado pode ler-se que “Ao marketing social empreendido pela PT opõem-se, de facto, manifestações de enorme insensibilidade, como demonstra a situação em que se encontram quatro jornalistas do diário “24 Horas”.

posted by Sala | quarta-feira, abril 02, 2003
Arquivo
Links
Pergunta da Semana
Correio